Espetáculo aborda negritude e universo feminino em obra coletiva

O espetáculo cênico-musical “NEGR.A” traz o resultado do trabalho do Coletivo de Negras Autoras. Em cartaz de sexta (12) a domingo no Teatro Espanca!, a proposta apresenta músicas, textos e poesias compostas por Nath Rodrigues, Eneida Baraúna, Elisa de Sena, Manu Ranilla e Julia Dias.

do UOL

No palco estão trajetórias que ora se afirmam em diferenças e ora se alinham em narrativas que abordam a negritude, o universo feminino e a identidade plural de mulheres que compõem, escrevem e encenam em diálogo com linguagens tanto tradicionais quanto contemporâneas.

O espetáculo, com entrada a R$ 5, integra a mostra Arte no Centro, que aposta em manifestações artísticas contemporâneas num espaço no coração do centro de Belo Horizonte.

Serviço
NEGR.A – Coletivo de Negras Autoras
Quando:
sexta (12) a domingo, às 20h
Onde: Teatro Espanca! (rua Aarão Reis, 542 – Centro)
Quanto: R$ 5
Vendas: no local
Mais informações: espanca.com/artenocentro/

+ sobre o tema

Tambor de Crioula

  O Tambor de Crioula é...

Antônio Carlos Gomes

Antônio Carlos Gomes (Campinas, 11 de julho de 1836...

A história oficial exclui os negros da construção do país, denuncia Cláudia Durans

A afirmação é de Cláudia Durans , professora-adjunta...

Nina Simone: As várias faces da diva

Nina Simone achava que era a reencarnação de uma...

para lembrar

Djamila Ribeiro: ‘A gente luta por uma sociedade em que as mulheres possam ser consideradas pessoas’

Escritora participa da mesa 'Feminismos plurais' na Flup por Thayná...

Entre o grotesco e o risível: o lugar da mulher negra na história em quadrinhos no Brasil

Between the grotesque and the laughable: the place of...

Artistas negras assumem as rédeas de suas próprias narrativas

Na literatura, cinema e música, mulheres negras deixam de...

Exposição sobre o feminismo negro será aberta na Uenf, em Campos, RJ

Exposição de fotos conta a história da ativista Lélia...
spot_imgspot_img

Ex-policiais britânicos são condenados por mensagens racistas sobre Meghan e membros da realeza

Seis ex-policiais de Londres foram condenados nesta quinta-feira (7) a penas de prisão, suspensas, por compartilharem mensagens ofensivas e racistas no WhatsApp, incluindo com...

Sem horizonte para ter uma mulher negra como ministra no STF

Esta semana, voltou à tona, com toda força, o debate sobre a ausência de indicação de uma ministra negra no STF (Supremo Tribunal Federal). O anúncio...

O preço de pegar a contramão da história

O Brasil não é um país de iguais. Aqui tem pacto da branquitude, privilégio branco, colorismo, racismo, machismo e meritocracia aplicada de maneira assimétrica. Tudo...
-+=