Livre elege Joacine Katar Moreira para o Parlamento

Joacine Katar Moreira foi eleita deputada pelo Livre. Este partido junta-se assim ao Iniciativa Liberal e ao Chega na estreia parlamentar.

Do Negócios

Joacine Katar Moreira, eleita pelo Livre. (Sara Matos / Global Imagens)

O Livre fundado em 2014 pelo historiador Rui Tavares assegurou, pela primeira vez, representação no Parlamento.

Joacine Katar Moreira foi a cabeça de lista por Lisboa e será a representante do Livre no Parlamento. A futura deputada tem 37 anos e é natural da Guiné-Bissau. Licenciada em História Moderna e Contemporânea – vertente de Gestão e Animação de Bens Culturais e mestre em Estudos do Desenvolvimento. É doutorada em Estudos Africanos pelo ISCTE-IUL. Foi bolseira de Investigação a trabalho em arquivos e consultora em Organizações não-governamentais. É ativista anti-racista.

Joacine Katar Moreira, cabeça-de lista do Livre, foi eleita por Lisboa LUSA/RODRIGO ANTUNES

Depois de ter alcançado 2,18% dos votos nas eleições europeias de 2014, ficando à beira de eleger Rui Tavares para o Parlamento Europeu, a coligação Livre-Tempo de Avançar não foi além dos 0,73% nas legislativas do ano seguinte.

Já em maio último, o partido voltou a crescer nas urnas ao obter 1,83% nas europeias.

Joacine Katar Moreira, eleita pelo Livre. RODRIGO ANTUNES/LUSA

A cabeça de lista do Livre por Lisboa, eleita nas legislativas de domingo, afirmou hoje que “não há lugar para extrema-direita no parlamento”, salientando que o seu partido será “a esquerda anti-fascista e anti-racista”.

“Não há lugar para extrema-direita no parlamento português”, gritou Joacine Katar Moreira no púlpito montado na Fábrica Braço de Prata, em Lisboa, após confirmar que tinha garantido a eleição.

 

Leia Também:

Legislativas em Portugal: O que quer Joacine Katar Moreira?

Livre defende quotas étnico raciais para “reduzir assimetrias”

 Joacine Katar Moreira visita Geledés 

“Não se pode defender apenas algumas igualdades”, pedem as feministas negras

Instituto da Mulher Negra em Portugal criado para lutar contra “silenciamento e invisibilização”

+ sobre o tema

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

para lembrar

Notas de Rodapé: Vlado em 4 atos

por Fernanda Pompeu 1.Há 13.505 dias o mundo era...

Espionagem é grave violação dos direitos humanos, critica Dilma na ONU

Presidente rebate tese de que interceptação dos EUA ocorreu...

Santayana: Em nenhum governo agentes públicos enriqueceram tão rápido quanto no de FHC

Por: Mauro Santayana   Houvesse sido o seu governo...

Rebeca Andrade entra para história e conquista duas medalhas no mesmo dia no Mundial

Após fazer história nas Olimpíadas de Tóquio, Rebeca Andrade escreveu um...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de Lei que ameaça condenar por homicídio meninas, jovens e mulheres que interromperem gestações, ainda que...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público manifestar sua indignação e repúdio à decisão da Câmara dos Deputados, aprovada nesta terça-feira, 12,...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...
-+=