Plano Juventude Viva na pauta do Encontro de Novos Prefeitos e Prefeitas em Alagoas

 

O governo federal, em parceria com governos estaduais e associações de municípios, promoveu, no dia 20 de setembro, o Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas de Alagoas. O evento, que contou com a participação das ministras Luiza Bairros (Igualdade Racial), Miriam Belchior (Planejamento) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais), teve por objetivo apresentar os programas federais aos novos gestores e fortalecer a relação entre as três esferas governamentais. A parceria do governo federal com o governo do estado e as prefeituras inclui, entre outras iniciativas, o Plano Juventude Viva, que este mês completa um ano de execução nas cidades de Maceió, Arapiraca, Marechal Deodoro e União dos Palmares.

Na abertura do encontro, a ministra Luiza Bairros destacou o cenário de violência no qual vivem os jovens alagoanos, sobretudo, os jovens negros, defendendo a importância da iniciativa. “Precisamos reforçar o programa Juventude Viva. Não aceitamos que os jovens sigam morrendo dessa maneira em Alagoas. O governo Federal vem fazendo sua parte e os municípios devem fazer a sua. Estamos aqui para ouvir as principais queixas e juntos debatermos uma solução”.

A ministra Ideli Salvatti também ressaltou a necessidade do Plano, explicando que o governo federal está empenhado em ampliar as ações de combate à violência nos municípios, especialmente naqueles que apresentam os maiores índices de homicídios de jovens negros. “Ações pontuais precisam ser executadas nessas cidades e o braço do governo federal se fará presente”. Ela mencionou os resultados do Brasil Mais Seguro, lembrando que o Programa, junto com o Juventude Viva, reforça o compromisso do governo federal em promover os direitos da juventude. ” Os programas Brasil Mais Seguro e Juventude Viva atestam o nosso compromisso com os jovens brasileiros”, afirmou.

O encontro foi realizado pela Secretaria de Relações Institucionais, em parceria com a Prefeitura de Maceió e o apoio do governo de Alagoas e da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). O evento reuniu mais de 100 municípios do estado, além de técnicos de nove Ministérios e representantes da Funasa, da Controladoria-Geral da União e da Caixa Econômica Federal.

Sobre o Juventude Viva – O Plano Juventude Viva é coordenado pela Secretaria Nacional de Juventude, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. A iniciativa, que reúne ações de onze Ministérios, foi implementada inicialmente em Alagoas, em 2012. Em agosto e setembro de 2013 chegou, respectivamente, à Paraíba e ao Distrito Federal e Entorno. Ainda este ano, o Plano será estendida aos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pará, Bahia e Espírito Santo.

No início de setembro, a coordenação do Programa esteve em Alagoas, onde se reuniu com gestores das secretarias estaduais e dos municípios de Maceió, Arapiraca, Marechal Deodoro e União dos Palmares para discutir as estratégias desenvolvidas desde o início das ações e a elaboração de um balanço do primeiro ano da iniciativa o Juventude Viva no estado.

Fonte: Juventude

+ sobre o tema

Poesia: Ela gritou Mu-lamb-boooo!

Eita pombagira que riscaseu ponto no chãoJoga o corpo...

Geledés participa do I Colóquio Iberoamericano sobre política e gestão educacional

O Colóquio constou da programação do XXXI Simpósio Brasileiro...

A mulher negra no mercado de trabalho

O universo do trabalho vem sofrendo significativas mudanças no...

para lembrar

spot_imgspot_img

Negros são maioria entre presos por tráfico de drogas em rondas policiais, diz Ipea

Nota do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que negros são mais alvos de prisões por tráfico de drogas em caso flagrantes feitos...

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...
-+=