PM pede a atriz Letícia Sabatella ‘termo de responsabilidade’ por defender jovens

Ganhou repercussão nas redes sociais um episódio envolvendo a atriz Letícia Sabatella e quatro adolescentes da Rocinha; durante passeio de bicicleta pela Gávea, no Rio, ela foi abordada pelos garotos, que pediram para fazer uma foto com a artista; na volta pelo mesmo local, Sabatella encontrou o grupo sendo escoltado por dois policiais militares; “Perguntei se eles viam algum problema pelo fato de os meninos estarem na Gávea, se eles não teriam o mesmo direito que eu de estar ali”, escreveu; os policiais disseram que cumpriam “ordens superiores” e pediram que ela assinasse um termo se responsabilizando pela liberação dos garotos; a PM afirmou que a conduta dos policiais não foi correta e que eles serão identificados e reorientados

no Brasil 24/7

Um episódio envolvendo a atriz Letícia Sabatella e quatro adolescentes da Rocinha está repercutindo nas redes sociais desde quinta-feira.

Segundo post da atriz em sua conta no Facebook, durante um passeio de bicicleta pela Gávea, ela foi abordada pelo grupo que pediu para fazer uma foto com a artista. Após um rápido bate-papo, Letícia seguiu em frente e, na volta, encontrou o grupo sendo escoltado por dois policiais militares.

A atriz intercedeu pelos jovens e, de acordo com ela, os PMs pediram que ela assinasse um termo se responsabilizando pela liberação dos garotos, que estavam sem documentos. “Perguntei se eles viam algum problema pelo fato de os meninos estarem na Gávea, se eles não teriam o mesmo direito que eu de estar ali. O policial, sensivelmente incomodado com a situação, me disse que não achava aquilo muito correto também, mas eram ordens superiores de uma política atual. Os meninos estavam sem documentos”, escreveu a atriz.

Entre os comentários que a postagem recebeu desde a quinta-feira, a maioria de elogios, um era de um dos adolescentes envolvidos, agradecendo. “Se não fosse por você, poderia estar na pior. Só tenho a te agradecer e pedir a Deus que ilumine sua carreira”, escreveu o jovem.

A ação dos policiais, no entanto, não seguiu as normas da corporação, de acordo com o comandante do 23º BPM (Leblon), Coronel Joseli Candido. Segundo a assessoria de comunicação da PM, nesse caso os policiais deveriam chamar as autoridades competentes da Secretaria de Assistência Social, que faz o acolhimento de pessoas em situação de rua. Já no caso de menores em flagrante delito, o PM deve fazer a apreensão e o encaminhamento para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Ainda de acordo com a assessoria, os policiais serão identificados e reorientados.

Nesta sexta-feira, a postagem já havia recebido mais de 40 mil curtidas e cerca de 7 mil compartilhamentos.

leia mais sobre Letícia Sabatella:

+ sobre o tema

Iniquidades raciais e as mudanças do clima

O verão brasileiro, embora conhecido pelas belíssimas praias, férias...

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por...

E assim vamos nós, lutando pela existência de nossas gerações

Vamos que vamos! Frase muito usada por quem sonha...

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção...

para lembrar

Bahia tem 5 das 10 cidades mais violentas do país

Dados do Mapa da Violência 2014 revelam que a...

O assassinato do trabalhador Carlos Braga: uma polícia sem autoridade

Por Tomaz Amorim Izabel do blog de Douglas Belchior Isaías de...

Jovens de favelas de São Paulo são treinados para gravar vídeos de abusos policiais

Do encontro com o prefeito Fernando Haddad (PT) às...
spot_imgspot_img

Após vítima de agressão ser detida, motoboys fazem ato contra o racismo no RS

Após um homem negro ser ferido com uma faca e preso por policiais, o Sindicato dos Motoboys de Porto Alegre, no Rio Grande do...

Abordagem a homem negro no RS: o que se sabe sobre motoboy preso após ser ferido com faca, em Porto Alegre

Uma abordagem policial acabou com um homem negro detido, neste sábado, após denunciar ter sido ferido com faca por um idoso de pele branca, em...

Valores de sociedades tradicionais africanas são imprescindíveis para educar e humanizar

"Coube ao Ocidente avançar na militarização e na tecnologia, mas caberá à África humanizar o mundo." Pode-se dizer que a frase de Nelson Mandela, registrada...
-+=