Publicado pela Penalux, livro ‘Os Ângulos da Casa’ marca a estreia da poeta moçambicana Hirondina Joshua no Brasil

O livro Os Ângulos da Casa marca a estreia da poeta moçambicana Hirondina Joshua no Brasil. Publicada pela editora Penalux e com a apresentação do escritor Mia Couto, a obra dialoga com diversos temas complexos, como sexualidade, afetividade e erotismo.

Do Livre Opinião

A “Casa”, destacada na poesia, é representada pela escritora como o espaço psíquico, o interior e os sentimentos e os ângulos a maneira de pensar, de observar, o ponto de vista.

Para o escritor moçambicano Mia Couto, um dos autores atuais mais representativos na literatura africana, o estilo surrealista de Hirondina convida os leitores a um grande passeio poético. “Trata-se de uma visita a um cotidiano que sendo familiar nos é estranho, porque nele se fala o idioma a que ela chama de ‘a língua dos céus’”.

Para os editores Tonho França e Wilson Gorj, o valor da obra se encaixa no propósito da Penalux de investir na literatura de língua lusófona. “Essa é a segunda publicação oriundo do continente africano. A primeira foi o Gociante Patissa, autor de Angola. Nosso próximo passo é publicar um autor de Portugal. Algo que deve ocorrer em breve. ”

Hirondina Joshua (Maputo,1987) é uma poeta de destaque na nova geração de autores moçambicanos. Tem participação em várias antologias nacionais e estrangeiras e textos publicados em jornais e revistas de Moçambique, Portugal, Angola, Galiza e Brasil. Dentre as quais, destaca-se as revistas Caliban, Zunái, TriploV,Òmnira, Courrier des Afriques, Acrobata, Sirrose, Literatas, Soletras. Ainda recebeu a menção extraordinária do Premio Mondiale di Poesia Nósside (Itália, edição 2014).

Título: Os ângulos da casa
Autor: Hirondia Joshua
Publicação: 2017
Tamanho: 14x21cm
Páginas: 84 p
Preço: R$34,00
Link para compra: https://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php?products_id=570

+ sobre o tema

Vídeo mostra Lázaro Ramos explicando para filha sobre cabelos crespos: “Nossa coroa”

O ator Lázaro Ramos abordou conscientização e ancestralidade ao compartilhar um...

Léo Santana homenageia líderes de povos, raças e religiões no Carnaval 2012

No carnaval deste ano, o cantor Léo Santana fará...

Bienal Internacional do Livro de São Paulo: baiano lança 133 poetas

  O livro "Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus -...

Frente Parlamentar Promoção da Igualdade Étnico-Racial

A deputada Leci Brandão convida todos e todas para...

para lembrar

Os vencedores do 1º Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento

Na noite desta segunda-feira (7/11), ocorreu a entrega do...

A UE promete não pressionar a África

Por Servaas van den Bosch, da IPS    Windhoek,...

Quilombolas da Marambaia celebram posse de terra no Dia da Consciência Negra

A professora Bárbara Guerra, 37 anos, chama os alunos...

Mourinho nega ida de Drogba para o Real Madrid

O treinador do Real Madrid, o português José Mourinho,...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=