quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioQuestão RacialCasos de RacismoRegistros de crimes de discriminação racial e religiosa crescem no Rio

Registros de crimes de discriminação racial e religiosa crescem no Rio

Segundo delegacia especializada em crimes de intolerância, os cinco primeiros meses de 2021 tiveram sete vezes mais registros de que mesmo período de 2019

Nos últimos três anos, houve aumento no número de crimes de discriminação registrados pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

Segundo a delegada titular, Márcia Noeli, os cinco primeiros meses de 2021 tiveram sete vezes mais registros de casos de racismo e intolerância religiosa dirigidos a um grupo ou comunidade, em relação a 2019.

Ocorrências de injúria racial, ou seja, casos de intolerância religiosa dirigidos a um indivíduo específico, aumentaram aproximadamente 30% no mesmo período.

Os dados foram apresentados em uma reunião virtual da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Combate à Intolerância Religiosa, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), na terça (1º).

A deputada Martha Rocha (PDT), presidente da comissão, destacou a importância de treinar agentes de segurança para lidar com os casos. “Seja para os que ingressam pelo concurso de delegado, inspetor ou oficial de cartório, o tema Direitos Humanos tem que ser debatido desde o primeiro momento”, afirmou.

Segundo a diretora-presidente do Instituto de Segurança Pública (ISP), Marcela Ortiz, o aumento nas estatísticas não significa, necessariamente, um aumento da prática, mas o aumento das ocorrências registradas ao longo desses anos. A delegacia especializada foi inaugurada em 2018.

Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância
Endereço: Rua do Lavradio, 155 – Centro.
Funcionamento: das 9h às 18h.
Telefone: (21) 2333-3509

RELATED ARTICLES