quinta-feira, dezembro 8, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-brasileiros e suas lutasTurismo na região dos Quilombos será fomentado com reforma do Parque Memorial

Turismo na região dos Quilombos será fomentado com reforma do Parque Memorial

As obras tem início nesta quarta-feira (21), projeto contempla adaptações para portadores de necessidades especiais

Hoje, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o alagoano tem um motivo a mais para comemorar. A região dos Quilombos, já consolidada pelo turismo étnico – por seu forte apelo histórico e cultural – vai ser agraciada com a reforma do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, em União dos Palmares. As obras serão iniciadas amanhã (21), com previsão de término para seis meses.

A reforma será realizada através de uma parceria entre a Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que elaborou o projeto.

Segundo a fiscal da Serra da Barriga, arquiteta Joelma Farias, o projeto contempla a recuperação das instalações elétricas e edificações que compõem o Parque – troca da coberta de palha, reconstituição da taipa e do piso de barro – além da restauração do Posto de Observação, na subida da serra e reforma nos três mirantes existentes. “Teremos ainda, como novidade, adaptações para portadores de necessidades especiais nos banheiros já existentes e a construção de um novo banheiro adaptado no restaurante”, afirma.

A região, que já é consolidada nos segmentos do turismo étnico, observação de aves e gastronômico, encontra-se num momento subline, onde os investimentos estão vindo aos poucos de acordo com a realidade do local. Afirma a interlocutora da Região dos Quilombos, e diretora de Produtos da Secretaria de Estado do Turismo, Mell Bezerra.

Para a interlocutora, com a reforma, o Parque terá mais infraestutura para receber os turistas e os visitantes. “Com isto, a cada ano, a programação do mês da consciência negra é inovadora. Este ano houve a 1ª cavalgada da Liberdade, cuja atividade turística-esportiva será inclusa no calendário de eventos, fomentando o turismo regional”, conclui.

O Quilombo – Foi na Serra da Barriga, a cerca de seis km do município de União dos Palmares, que milhares de escravos negros rebelados se refugiaram durante o período de dominação holandesa. Lá, fundaram a República Livre de Palmares – o maior, mais duradouro e mais organizado quilombo das Américas, onde viveram mais de 20 mil pessoas, entre 1597 a 1695, ano em que foi assassinado seu maior líder, Zumbi, no dia 20 de novembro.

Parque Memorial Quilombo dos Palmares – Fruto de uma luta de mais de 25 anos do Movimento Negro Brasileiro, o Parque Memorial Quilombo dos Palmares foi implantado em 2007 pelo Ministério da Cultura, por meio da Fundação Cultural Palmares, no alto da Serra da Barriga. O parque, primeiro e único parque temático sobre a cultura negra do País, reconstitui o cenário de uma das mais importantes histórias de resistência à escravidão, ocorridas no mundo: a história do Quilombo dos Palmares. É uma espécie de maquete viva, em tamanho natural onde foram reconstituídas algumas das mais significativas edificações do Quilombo. O Memorial dispõe de pontos de áudio com música e textos em quatro idiomas (Português, Inglês, Espanhol e Italiano) que narram aspectos do cotidiano do Quilombo e da cultura negra.

Guiomar Novais

Assessoria de comunicação

SETUR – AL

 

 

 

Fonte:  Turismo 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench