CFCCT recebe encerramento da campanha “30 dias por Rafael Braga”

Ato reúne artistas e militantes sociais contrários à prisão do jovem negro

Para o Portal Geledés 

O Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (CFCCT) recebe no dia 1° de julho, a partir das 14h, no teatro (3° piso), o ato de encerramento da campanha “30 dias por Rafael Braga”, campanha criada coletivamente por pessoas e organizações atuantes em áreas diversas.

 

A ação, realizada durante o mês de junho, promoveu debates e reflexões sobre as atuais políticas sobre drogas no Brasil, racismo e segurança pública que atingem jovens negros e pobres no País. Participam do evento: Fantasmas Vermelhos, DMN, Nomadie, GGF A Família, Bener Zil, Yzalu, Edie Luna, Bia Ferreira, Sadrack, A’s Trinca, Omnira, entre outros.

 

Rafael foi detido em junho de 2013 portando dois frascos de produtos de limpeza durante uma manifestação no Rio de Janeiro. Foi acusado de carregar explosivos. Em junho de 2016, foi preso novamente enquanto respondia em regime aberto pela acusação anterior. Desta vez, ele teria sido flagrado na posse de 0,6g de maconha, 9,3g de cocaína e um rojão. Foi condenado pelo crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico, com pena de 11 anos e três meses de reclusão e pagamento de R$ 1.687.

 

O CFCCT exibiu, em 22/6, o documentário “Juízo”, de Maria Augusta Ramos, que conta a trajetória de jovens com menos de 18 anos, pobres, diante da lei, entre o instante da prisão e o do julgamento por roubo, tráfico e homicídio.

 

Encerramento da campanha “30 dias por Rafael Braga”

Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes – Teatro (3° Piso)

Avenida Inácio Monteiro, 6900 – Cidade Tiradentes/esquina com Alexandre Davidenko
Quando: 1º/07 (sábado), às 15h

Classificação: Livre
Gratuito

+ sobre o tema

ONU vai investigar violência contra africanos e afrodescendentes no Brasil

O Emler (Mecanismo Internacional Independente das Nações Unidas para Promover a...

O papel das mulheres negras na produção executiva audiovisual

Como você vê o papel da mulher negra no...

De migrante à empreendedora, ex-executiva impactou a vida de 10 mi de mulheres

Em abril de 1970, dona Maria Laudice dos Santos...

Quem é e o que pensa Sueli Carneiro, filósofa e ativista brasileira

Sueli Carneiro é uma reconhecida filósofa e ativista do...

para lembrar

O dia mais triste do ano

Levantou às duas e quarenta da matina, tentando esquecer...

FNB: O percurso da voz da resistência negra brasileira (1933 A 1938)

RESUMO: O presente estudo pretende fazer uma retrospectiva histórica...

O Agora é Nossa Maior Missão: Poesia de Auto-Cuidado

Caroline Anice: Saber-se viva é a melhor sensação. Poder...

Rafael Braga: Quando a justiça mata a justiça!

O Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, na...
spot_imgspot_img

ONU vai investigar violência contra africanos e afrodescendentes no Brasil

O Emler (Mecanismo Internacional Independente das Nações Unidas para Promover a Justiça Racial e a Igualdade no Contexto da Aplicação da Lei) visitará o Brasil de...

Irmãos comemoram prisão de suspeito pela morte de Tupac, mas ‘não significa que justiça foi feita’

Os irmãos de Tupac Shakur ficaram animados com a prisão de Duane Keith "Keefe D" Davis, supeito de ter matado o músico a tiros...

Bahia no caminho do Rio

A crise de segurança pública que ora atormenta a Bahia guarda indesejável semelhança com a trajetória ladeira abaixo do Rio de Janeiro no enfrentamento ao crime organizado. A...
-+=