Clube de leitura destaca obras de escritoras e escritores negros

Geni Guimarães é a autora do livro escolhido para a próxima edição, com participação de Suzane Jardim  

Do Livre Opinião 

Clube Negrita no Sesc (Foto: Monomito Filmes)

Dia 6 de julho, na biblioteca do Sesc Avenida Paulista, acontece mais uma edição do Clube Negrita, dessa vez, com o livro Leite do peito, de Geni Guimarães, escritora brasileira, que venceu o Jabuti e outros prêmios. Os contos presentes na obra são autobiográficos e narram acontecimentos da vida de uma menina negra até o início da sua fase adulta. Para trocar impressões sobre o livro e falar a respeito do contexto histórico, a organizadora e mediadora do clube, Bruna Tamires, terá a companhia da historiadora Suzane Jardim.

O Clube Negrita incentiva a leitura de escritoras e escritores negros e o letramento através da leitura em coletivo, proporcionando a troca de ideias e a vivência conjunta em torno da literatura negra. Durante as sessões, cada participante lê um parágrafo do texto escolhido, praticando, assim, a fala, a escuta e os processos de compreensão coletiva da história contada. As bases do Clube Negrita são o aprendizado, a viagem e o conhecimento.

Suzane Jardim (Foto: Gabriel Mendes Dias)

Organizado desde 2017 por Bruna Tamires (também conhecida como Malokêarô), o Clube Negrita está em sua 13ª edição e agora está fazendo uma temporada no Sesc Av. Paulista. Em maio, a obra escolhida para a estreia no Sesc foi Amada, da escritora afroamericana, vencedora do Nobel de literatura, Toni Morrison. Nessa edição, o clube contou com a participação da publicitária e especialista em sociopsicologia, Gabriela Moura, que enriqueceu o debate proposto pelo clube sobre a influência do racismo nas doenças psiquiátricas. Já em junho, o clube recebeu o escritor Allan da Rosa, que leu e comentou com o público sua própria obra, Da cabula.

A temporada do Clube Negrita no Sesc Av. Paulista vai até dezembro deste ano, acontece uma vez por mês, sempre numa tarde de sábado, das 16h às 18h, na biblioteca, com entrada franca. Em agosto (dia 03), o clube fará a leitura da obra de Fábio Madingo, Muito como um Rei, com a presença do rapper e poeta Rincon Sapiência. Em setembro (dia 07), a autora Miriam Alves participará respondendo perguntas sobre o seu romance Bará na trilha do vento. Em outubro (dia 05), o clube apresentará um formato diferente, numa edição especial que desafiará 4 escritores da cidade de São Paulo a escreverem micro contos de terror e horror. Depois, o clube volta ao formato original, em novembro (dia 02), com a obra Uma farsa de dois gumes, e terá como convidado de honra o próprio autor do livro, Cuti. E, em dezembro (dia 07), o Clube Negrita se despede da temporada na biblioteca do Sesc. Av. Paulista, com o livro Gramática da Ira, de Nelson Maca, e, dessa vez, com a presença do rapper James Lino.

Clube Negrita no Sesc (Foto: Monomito Filmes)

Clube Negrita
Data: 06/07/19
Horário: das 16h às 18h
Sesc Avenida Paulista
Endereço: Avenida Paulista, 119, Bela Vista
Informações: https://www.instagram.com/clubenegrita/

+ sobre o tema

Um relato sobre cabelos crespos quimicamente tratados

Certamente o cabelo é algo importante para toda mulher. Crescemos...

34 morrem em protesto indígena no Peru

Fonte: Folha de São Paulo Confronto motivado por repúdio...

SÃO PAULO: VI MARCHA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

SÃO PAULO: VI MARCHA DA CONSCIÊNCIA NEGRA LOCAL...

Pharrell Williams faz discurso contra o racismo em premiação

O rapper Pharrell Williams aproveitou sua aparição na premiação Hip Hop Honours:...

para lembrar

Michelle Obama entra na campanha contra sequestro de jovens na Nigéria

Primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, postou foto nas redes...

Angela Maria, rainha do rádio, morre aos 89 anos

A cantora Angela Maria, uma das rainhas do rádio,...

Usain Bolt lesiona-se a três semanas dos Jogos Olímpicos

Participação do atleta jamaicano em dúvida Usain Bolt...
spot_imgspot_img

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...
-+=