Cota racial avança na USP

Ministros decidiram que o modelo é necessário para corrigir o histórico de discriminação racial no país

O primeiro passo para adoção de cotas raciais na seleção de alunos da USP (Universidade de São Paulo) foi dado nessa quinta-feira.

A Congregação da Faculdade de Direito do Largo São Francisco aprovou, em reunião, uma recomendação ao Conselho Universitário da universidade para que adote as cotas raciais.

Segundo “O Estado de S. Paulo”, a justificativa do grupo para pedir a adoção do mecanismo é a “exclusão racial profunda” na universidade. A reunião contou com a presença de representantes do movimento negro, que expuseram as dificuldades em conseguir vagas.

A maior parte das universidades e faculdades públicas do país já adota algum tipo de cota. Mas a USP, Unesp, Unicamp e Fatec preferem outros sistemas. As instituições preferem privilegiar estudantes oriundos da rede pública de ensino médio.

No mês passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) definiu que o sistema de cotas não fere a Constituição. Os ministros decidiram que o modelo é necessário para corrigir o histórico de discriminação racial no país.

 

 

Fonte: Band

+ sobre o tema

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

para lembrar

Lei de cotas no serviço público entra em vigor nesta terça-feira

Medida sancionada por Dilma foi publicada no Diário Oficial...

Procuradoria quer apuração de suposta fraude em cota de concurso

De acordo com lei sancionada no ano passado, 20%...

Geração Negra e medo Branco na Universidade

A Universidade está ao alcance de todos? De acordo...
spot_imgspot_img

Não entraria em avião pilotado por cotista?

"Responda com sinceridade, leitor. Você entraria confortavelmente num avião conduzido por alguém que, pelo fato de pertencer à minoria desfavorecida, recebeu um empurrãozinho na...

“Enem dos Concursos” reserva 20% das vagas para negros

O governo federal reservou 20% das 6,6 mil vagas do Concurso Nacional Unificado para candidatos negros. A totalidade das vagas está dividida entre nível...

Somente 7 estados e o DF têm cotas para negros em concursos públicos. Veja quais

Adotadas no Executivo federal, as cotas raciais nos concursos para entrada no serviço público avançam em ritmo bem lento nos outros níveis de governo,...
-+=