Preconceito – Conhecimento vence opressão

SAO PAULO – SP
Universidade de São Paulo

Modalidade / Nível de EnsinoComponente CurricularTema
Ensino Fundamental FinalPluralidade CulturalDireitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

Preconceito – Conhecimento vence opressão visa discutir sobre o preconceito e suas raízes na cultura brasileira partindo da abolição no Brasil; Aprender sobre o que o Código penal diz sobre racismo. Discutir o artigo 5º da Constituição Brasileira.

Duração das atividades

Uma seqüência de atividades de 6 aulas

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Descobrir o que os alunos sabem sobre a abolição da escravatura. Discussão sobre histórias de preconceito que os alunos conhecem. Verificar qual o conhecimento dos alunos sobre a lei em relação à discriminação.

Estratégias e recursos da aula

Diálogos contra o Racismo

Orientações ao professor

  • É fundamental que o professor estabeleça combinados com a classe para discutir o tema, para que não haja constrangimento entre eles.
  • Converse com os alunos que o disparador para a discussão do tema em pauta serão alguns vídeos de uma campanha chamada: Onde você guarda o seu racismo, que demonstra vários depoimentos sobre racismo.
  • A cada depoimento debata com os alunos suas opiniões, reflexões, o momento de debate:compartilha, suscita, desafia o aluno a pensar sobre as questões propostas. Estabeleça combinados para que cada um possa se expressar e todos possam ouvir.
  • Levante com os alunos filmes, músicas e livros que conhecem que abordam o tema, estimule que as fontes de pesquisa sejam utilizadas. Para tal, professor, tenha uma lista para repertoriar os alunos. Seguem algumas sugestões.
    Estimule os alunos a lerem as histórias sobre o tema, jornais e trocarem suas impressões sobre os mesmos.
    Caso seja possível, utilize os recursos de internet para enriquecer as pesquisas, troca de e-mail para uma entrevista com algum pesquisador sobre discriminação racial, um advogado que pode esclarecer dúvidas legais, etc.
    É fundamental que o professor assista novamente cada um dos filmes elencados pelos alunos para análise. Faça um registro de suas impressões e reflexões para se necessário fortalecer o debate entre os alunos.

Seqüência didática:

1. Discutir sobre a abolição, a escravidão e as conseqüências históricas desta fase para a população brasileira afro-descendente como recurso utilize http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/recursos/10014/me003992.wmv

xxxx

A abolição: parte I

2. Lançar questões para pesquisa tais como:

– O que é Intolerância?
– O que é Xenofobia?
– O que é Preconceito?
– O que é Estereótipos?
– O que é Apartheid?
– O que é Discriminação?
– O que é Racismo Aberto e Oculto?

3. Faça uma seleção de filmes e peça para em casa o aluno assistir e relatar por escrito, como o racismo e o preconceito se manifestam no filme. Como os alunos poderão escolher filmes diferentes, isso pode estimular uns aos outros a também assistirem o filme relatado pelo colega. Depois na sala de aula, peça para os alunos que assistiram aos mesmos filmes se reunirem e debaterem no pequeno grupo, seus registros e relacionar com os termos estudados na pesquisa. Os alunos devem posteriormente socializar a opinião do grupo e suas reflexões com a classe toda.

4. Peça para os alunos fazerem uma pesquisa de quantos empregados domésticos há nas novelas e quantos destes são negros e produzam uma tabela e um gráfico; Debata sobre a situação do negro no mercado de trabalho. Os alunos podem pesquisar artigos sobre o assunto na Internet e socializar as descobertas.

5. Discutir sobre a relação pobreza e discriminação racial.

6. Apresente o 5º Artigo da Constituição Brasileira e discuta seu significado para nossa sociedade.http://www.culturabrasil.org/artigo5.htm

7. Discutir as punições para a discriminação no Código Penal.

8. Tocar a música- Dias Melhores do grupo Jota Quest e conversar com os alunos sobre medidas efetivas que eles podem adotar para combater o racismo na escola e na comunidade.

9. Lançar uma campanha contra o preconceito na escola e na comunidade.

10. Divida a classe em grupos e peça que cada equipe prepare uma forma de denunciar o preconceito, podem ser elaboração músicas ou paródias, representação de trechos de filmes, peça teatral, uma poesia, etc.enfim um Festival contra o preconceito. Convide a comunidade e faça uma ciclo de debates entre a comunidade escolar e do entorno.

Dica: Caso o professor queira pode publicar um blog sobre o tema no qual os alunos podem ser responsáveis por alimentar as informações.

Preconceito - Conhecimento vence opressão
Preconceito – Conhecimento vence opressão

Sugestão de filmes que abordam a temática estudada:

  1. Homens de Honra
  2. O xadrez das cores- disponível no site http://portacurtas.com.br/Filme.asp?Cod=2932
  3. A Incrível História da Mulher que Mudou de Cor http://portacurtas.uol.com.br/pop_160.asp?cod=1934&exib=324
  4. Quase Deuses
  5. La Amistad
  6. Crash no limite
  7. Quanto vale ou é por quilo?
  8. Cronicamente inviável
  9. Malcolm X
  10. Tempo de matar
  11. Duelo de Titãs
  12. A outra história americana
  13. Cidade de Deus
  14. Diamante de sangue
  15. Escritores da Liberdade
  16. Ao mestre com carinho

Músicas

Racismo é burrice- Gabriel Pensador http://letras.terra.com.br/gabriel-pensador/137000/
Dias melhores Jota quest- http://vagalume.uol.com.br/jota-quest/dias-melhores.html

É imprescindível que o professor assista ao filme antes de indicá-lo para verificar se ele é apropriado para seus alunos.

Fazer uma pesquisa prévia sobre quantos alunos conheciam sobre: Os termos estudados; Os artigos do Código Penal e da Constituição Brasileira Realizar um debate sobre o tema e perceber o quanto os argumentos dos alunos apresentam conteúdos mais concisos.

Fonte: Portgal do Professor

  • « Plano de Aula: A história local dos afro-descende…
  • Plano de Aula – Africanidade: Representação crí… »

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Formação do professor – Haddad anuncia gratuidade da pós-graduação em educação

Cursos de pós-graduação, mestrados e doutorados em educação, mesmo...

Unilab abre seleção para professor; remuneração é de R$ 8,6 mil

A vaga deste concurso é para o Setor de...

Disciplina tem sábios indígenas e afrodescendentes como ministrantes das aulas

Cadeira pode ser cursada como extracurricular e tem a...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=