terça-feira, setembro 21, 2021
InícioGuest PostNossas Histórias'Sem historiadoras negras não tem história'

‘Sem historiadoras negras não tem história’

Rede de Historiadorxs Negrxs promove Jornada por ocasião do Mês da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, de 25 a 27 de julho de 2021

Em celebração ao mês da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, e ao mês de aniversário da historiadora e ativista negra Beatriz Nascimento, a Rede de Historiadoras Negras e Historiadores Negros realizará nos dias 25, 26 e 27 de julho a Jornada “Sem historiadoras negras não tem história”.

25 de julho, Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, foi instituído em 1992, durante o 1º Encontro de Mulheres Negras Latinas e Caribenhas, em Santo Domingo – República Dominicana. Nesse encontro nasceu a Rede de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-Caribenhas, que lutou junto à ONU pelo reconhecimento da data como um marco das lutas contra as opressões e desigualdades de gênero e raça.

Esta Jornada foi idealizada em consonância com as lutas sociais das mulheres negras e seus esforços para combater o racismo e o machismo. Essas opressões de raça e gênero, componentes sistêmicos e estruturantes das relações sociais têm se perpetuado historicamente, estando na base dos processos de silenciamento e invisibilização de mulheres negras no campo da história e de seu legado intelectual. Mas não sem confronto.

“Sem historiadoras negras não tem história” é, assim, um enunciado que contesta a existência de uma história única, supostamente protagonizada por homens brancos, tanto como autores da produção do conhecimento quanto como objeto. É uma afirmação que enuncia e reivindica a construção de histórias que descortinem os protagonismos das mulheres negras como sujeitos e objetos da produção do conhecimento histórico e que sejam “feitas por mãos negras”, como nos inspira Beatriz do Nascimento.

Para tanto, o evento reunirá historiadoras negras que comunicarão suas pesquisas, bem como, historiadoras/os negras/os que tenham mulheres negras como tema de estudo.

Por meio desta Jornada e da própria Rede, Historiadorxs Negrxs, reafirmam sua existência frente a premissas epistêmicas balizadas pelo racismo e machismo que as/os ignoram e às suas contribuições intelectuais. Tais premissas repercutem nas estatísticas que apontam para o fato de que, mulheres negras constituam o segundo maior percentual dentre profissionais da Educação Básica, 35,9% segundo o IPEA (2017), e ainda estão em menor número nas Instituições de Ensino Superior, 0,4% conforme as pesquisas da Dr. em Ciências Sociais Joselina Barbosa (2010).

“Escrevemos nossas histórias a punho próprio, contrariando narrativas que tentam ocultar nossos protagonismos, nossas histórias, lutas, vozes e produções. Existimos e Resistiremos.”

A transmissão da Jornada ocorrerá na página da Rede de Historiadorxs Negrxs, no Facebook. Confira a Programação:

::SERVIÇO:

Jornada “Sem historiadoras negras não tem história”

Quando: 25, 26 e 27/07/2021, mesas às 17h e às 19h

Link para inscrições (haverá emissão de Certificados para Ouvintes): https://forms.gle/PiET9Z9PpFpgd7YWA

Transmissão: Facebook/historiadorxsnegrxs

Retransmissão: YouTube/Historiadorxs Negrxs

Programação
25/07 – Domingo, 17h
Mesa de abertura: “Infâncias Negras: gênero, violência e educação em foco”
Convidadxs:
Prof. Me. Alessandro Cerqueira Bastos
Prof.a. Érica Mendes Costa
Mediação:
Prof.a. Diana Santos Souza

25/07 – Domingo, 19h
Mesa 02: “Mulheres Negras e saúde: práticas de cura, medicina e trajetórias de mulheres negras”
Convidadxs:
Prof.a. Ma. Mayara Santos
Prof.a. Luana Costa Soares
Mediação:
Prof.a. Diana Santos Souza

26/07 – Segunda-feira, 17h
Mesa 03: “Mulheres Afrodiaspóricas: culturas, tradições e práticas de cura”
Convidadxs:
Prof.a. Ma. Roseli dos Santos
Prof.a. Ma. Simone de Assis
Prof.a. Tayane Rodrigues Oliveira
Mediação:
Prof.a. Taina Silva Santos

26/07 – Segunda-feira,19h
Mesa 04: “Mulher Negra e plural: intelectualidade, ativismo e gênero em pauta”
Convidadxs:
Prof.a. Ma. Ingrid Neles de Aquino
Prof.a. Taina Silva Santos
Mediação:
Prof. Me. Alessandro Cerqueira Bastos

27/07 – Terça-feira, 17h
Mesa 05: “Diálogo Quilombelo: mulheres quilombolas, pertencimento, memória e história”
Convidadxs:
Prof.a Dr.a. Rosinalda Corrêa da Silva Simoni
Lucilene Kalunga
Letícia Andrade Garcia
Mediação:
Prof.a. Dr.a. Janira Sodré Miranda

27/07 – Terça-feira, 19h
Mesa de Encerramento: “Beatriz Nascimento: Uma História feita por mãos Negras”
Convidadxs:
Prof. Dr. Alex Ratts
Prof.a. Dr.a. Ana Flávia Magalhães Pinto
Prof.a. Dr.a. Mariléa de Almeida
Mediação:
Prof.a. Dr.a Silvane Silva

RELATED ARTICLES