terça-feira, janeiro 31, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoEstudantes negros respondem pichações racistas na Unicamp

Estudantes negros respondem pichações racistas na Unicamp

Núcleo de Consciência Negra da Unicamp organizou na manhã desta quarta (23) interversão visual em resposta as pichações racistas feitas no prédio de aulas do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp.

Do Esquerda Diário

As manifestações de ódio e com termos como “White Power” (força branca) acompanhadas de um símbolo com referência à seita Ku Klux Klan (KKK), assassina de negros nos EUA vem gerando debate e resposta por parte dos estudantes do IFCH e da Unicamp, que na última semana realizaram um forte ato contra o racismo, mostrando que os negros não vão ficar calados diante de absurdo racismo e também cobrando da reitoria um posicionamento contundente frente aos casos

white_power_bruno_a7gqbwt-14c05

1914093_1131139026937728_8416819197496853490_n-7d00c

“Nesta manhã, algumas das paredes do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp foram encontradas bem mais bonitas depois de discutirmos a necessidade de responder à altura as pichações de conteúdo fascista e racista que vem sendo encontradas no Instituto”, disse Guilherme Zanni que é militante da Juventude ÀS RUAS! e compõe o Núcleo de Consciência Negra da Unicamp.

12674160_10204348271226081_1287306797_n-52875

As paredes foram forradas de fotos, cartazes e imagens diversas referentes à ícones da luta antirracista do mundo inteiro e movimentos que protagonizaram essas lutas como os Panteras Negras e o recente levante “Black lives Matter” nos EUA. Além de referentes da história brasileira de luta contra a escravidão como Zumbi dos Palmares e Dandara.

duas-b9c62

Segundo Guilherme o debate sobre o tema precisa seguir e fortalecer o combate ao racismo dentro e fora da Universidade.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench