SP: corpo de DJ morto em chacina será enterrado em Embu

O corpo do DJ Laércio de Souza Grimas, 33 anos, será enterrado neste domingo no cemitério dos Jesuítas, em Embu das Artes, na Grande São Paulo. O músico foi assassinado a tiros na chacina em um bar que vitimou, ao todo, sete pessoas na madrugada de ontem na capital paulista.

De acordo com o delegado Luiz Maurício Blazeck, que investiga o caso, o alvo da chacina poderia ser o DJ, conhecido como Lah. Ele foi morto com 15 tiros, nove deles pelas costas.

Ontem, a polícia chegou a informar que, entre as vítimas, estaria o autor das imagens que mostram policiais militares agredindo e disparando contra o servente Paulo Batista do Nascimento – em novembro de 2012 – mas, no mesmo dia, a Polícia Civil recuou e informou que, entre os mortos, não há ninguém que tenha participado efetivamente das filmagens.

Segundo informações da polícia, quatro veículos foram utilizados no crime, que foi cometido por cerca de 14 pessoas na região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo. Mais de 50 tiros teriam sido efetuados. Entre os feridos, uma vítima continua internada em estado grave e outra, atingida na perna, recebeu alta.

Além do DJ Lah, morreram na chacina Carlos Alexandre Claudino da Silva, 27 anos, Bruno Cássio Cassiano de Souza, 17 anos, João Batista Pereira de Almeida, 34 anos, Edmílson Lima Pereira Santos, 27 anos, e Ricardo Genuíno da Silva, 39 anos, e Ricardo Almando Salgado dos Santos Júnior, 41 anos, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública.

 

Materias relacionadas

DJ Lah, do grupo Conexão do Morro, morre em chacina na periferia de São Paulo

SP: morto em chacina comemorava primeiro dia de férias do trabalho

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Brancos, vamos falar de cotas no serviço público?

Em junho expira o prazo da lei de cotas nos...

Em junho, Djavan fará sua estreia na Praia de Copacabana em show gratuito

O projeto TIM Music Rio, um dos mais conhecidos...

O precário e o próspero nas políticas sociais que alcançam a população negra

Começo a escrever enquanto espero o início do quarto...

Estado Brasileiro implementa políticas raciais há muito tempo

Neste momento, está em tramitação no Senado Federal o...

para lembrar

spot_imgspot_img

Negros são maioria entre presos por tráfico de drogas em rondas policiais, diz Ipea

Nota do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que negros são mais alvos de prisões por tráfico de drogas em caso flagrantes feitos...

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Caso Marielle: mandante da morte de vereadora teria foro privilegiado; entenda

O acordo de delação premiada do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o autor dos disparos contra a vereadora Marielle Franco (PSOL), não ocorreu do dia...
-+=